Tendência na decoração: acessórios de tricô e crochê

Postado em 27/07/2021

Técnicas passadas entre gerações, tanto o crochê quanto o tricô são velhos conhecidos da decoração de interiores, principalmente durante os anos 80 e 90. A história dos acessórios de fios entrelaçados com ajuda de agulhas específicas é mais antiga do que as últimas décadas do século passado e continua sendo escrita, mas desta vez de uma forma repaginada.
Nas casas das avós, por exemplo, era comum encontrar capas para fogões, guardanapos e toalhas para a mesa, mas recentemente as peças têm ganhado novas utilidades no interior dos lares. Habilidades manuais, de uma forma geral, voltaram a aparecer na cozinha, mas agora de um jeito mais moderno, como para a organização de utensílios. Na sala,, mantas e almofadas podem elevar o conforto do espaço e deixá-lo mais convidativo. Até no lavabo os objetos são utilizados como uma solução estilosa para a disposição de acessórios.

 

Um dos usos mais inovadores está na aplicação do tricô e do crochê na confecção de mobília. Poltronas, puffs, mesas de centro e até cadeiras têm recebido as técnicas como uma espécie de estofamento. Além de dar um ar de conforto aos espaços, o artesanato se tornou expressão do bom gosto dos moradores.

Uma dica interessante no momento de escolher os fios e as tramas das técnicas é a finalidade dos acessórios. Na cozinha, por exemplo, opte pelas mais grossas caso deseje utilizar como apoio para guardar utensílios, já para almofadas na sala de estar, é possível utilizar fios mais finos ou até mesmo intercalar diferentes acabamentos para brincar com as proporções dos objetos de decoração.