Conheça a psicologia das cores nos ambientes

Postado em 20/05/2021

A forma como as cores são utilizadas em um ambiente tem o poder de influenciar como nos sentimos nele. A psicologia das cores, como é chamada, afirma que quando bem aplicadas, elas causam efeitos positivos no estado mental, como bom-humor e bem-estar, mas do contrário, podem elevar os níveis de estresse e desconforto em um espaço.
Além disso, as cores podem ser utilizadas para complementar as necessidades dos espaços, criando atmosferas propícias para as atividades desempenhadas nos locais. No quarto, por exemplo, cores mais equilibradas, como o azul em tonalidades mais sóbrias, são recomendadas, uma vez que elas remetem à calma e estabilidade emocional.

Já para espaços que necessitam instigar criatividade, imaginação e foco, o amarelo é recomendado. Cores quentes, no geral, entregam uma sensação de vivacidade aos ambientes, despertando o ânimo e elevando o astral. Essa cor, em especial, auxilia na iluminação dos locais, uma vez que o amarelo é a tonalidade que mais se aproxima do branco. Por isso, ela também é recomendada para locais pequenos, pois auxilia na ampliação da iluminação natural.
A aplicação de cores pode ser feita através da pintura de paredes, de itens decorativos ou até mesmo do mobiliário. Este último possui forte presença nos ambientes, por isso a paleta escolhida para ele deve ser estudada com atenção. Tons mais claros são os coringas da arquitetura para espaços pequenos, já que levam uma sensação de amplitude para os locais. O branco, por exemplo, além da expansão ótica, é capaz de despertar os sentimentos de paz e tranquilidade.
Do contrário, tons escuros são recomendados para locais muito amplos e que desejam transparecer a personalidade decidida e segura dos moradores. O preto remete a assertividade e clareza e torna os espaços imponentes. Para utilizar o preto como cor majoritária é preciso garantir iluminação natural aos espaços, pois ele é capaz de absorver os raios luminosos, “esquentando” o ambiente. O contraste com o branco é sempre uma escolha acertada na aplicação.

Exatamente como o conhecimento popular afirma, o vermelho é a cor da paixão e é capaz de despertar os sentimentos de amor e confiança nos espaços em que é aplicado. Os ambientes com essa tonalidade esbanjam energia e sensualidade. Mas, assim como as demais cores quentes, é preciso tomar cuidado ao utilizar o vermelho, principalmente para não deixar os locais cansativos.
Tons madeirados e marrons são altamente recomendados para locais em que as pessoas precisam se sentir acolhidas, como cozinha, sala de jantar e sala de estar. Por isso, a aplicação de acabamentos que remetem à madeira são tão utilizados nesses espaços. Além da cor, a textura desses materiais também transmitem conforto e resiliência.

Gostou das dicas? Utilize a psicologia das cores a seu favor e torne os seus ambientes ainda mais aconchegantes e convidativos.